+55 21 2239-6528 [email protected]

Para conseguir deixar o texto do seu blog mais amigável para os algoritmos do nosso querido Google ou de outros buscadores, você precisará conhecer um pouco mais sobre alguns conceitos básicos de SEO On-page, pois é isso que determinará para o Google se o seu texto está otimizado ou não. Mas não se preocupe, nós iremos por partes. Esses conceitos básicos podem ser divididos em quatro tópicos: otimização on-page, fatores on-page, objetivo on-page e palavras-chave.

Otimização on-page

Funciona da seguinte maneira: existem algumas métricas ou fatores no próprio blog que influenciam diretamente nessa análise feita pelos buscadores para melhorar seu posicionamento dentro deles. Por isso, a otimização on-page é extremamente importante para que você possa melhorar esse aspecto do seu blog para deixá-lo mais atraente para esses buscadores.

Fatores on-page

São os aspectos na página do seu blog que influenciam no ranking dos buscadores. Alguns deles são fornecidos pelas boas práticas e convenções que o Google e os outros buscadores apresentam para os usuários, além de outros fatores que são determinados empiricamente por quem trabalha com SEO. Esses fatores são o conteúdo da página, as meta tags e a própria URL do seu blog, mas falaremos disso mais adiante.

Objetivo on-page

Tem o intuito de utilizar esses outros dois aspectos para deixar a página extremamente relevante tanto para o usuário, como também para esses motores de busca em relação àquele nicho, ou mais especificamente, para as palavras-chave.

Palavras-chave

São as expressões ou palavras mais importantes para que o seu blog consiga atingir posições melhores nessas ferramentas.

Os fatores on-page acabam tendo um destaque maior porque eles englobam bastante coisa. No conteúdo da página, esses fatores são divididos nos três itens que listamos mais acima. Em relação ao conteúdo, podemos ressaltar o título e os subtítulos, o corpo da publicação ou texto, imagens e mídias. Já as meta tags são subdivididas em meta title, meta description, meta keywords (que não é mais um fator tão relevante quanto já foi antes), e os meta robots, que são as tags destinadas a orientar somente os robots dos buscadores, que a partir dos meta robots vão saber quando indexar uma página ou não, ou quando seguir um link ou não, por exemplo. A URL é o próprio link da página ou do blog.

uma imagem sobre palavra chavePara que os robots consigam ler essas instruções, elas precisarão estar em forma de códigos. Cada parte dos fatores on-page tem um código específico para mostrar aos robots porque aquele determinado segmento é um título, outro código para especificar que é o corpo do texto, uma imagem, etc. Através dessas tags que direcionam isso é que os robots vão analisar a sua página e determinar se ela está amigável para ele ou não.

Porém, não podemos esquecer que esse conteúdo não é produzido somente para os robots dos buscadores, mas também para os próprios usuários, então é extremamente importante que o seu blog ofereça uma ótima experiência para ele, de modo que ele sempre se mantenha presente na página. Algumas maneiras de conseguir atingir esses dois alvos são por meio do conteúdo único e criado de acordo com a pesquisa de palavras-chave.

Agora falaremos das palavras-chave. Esse fator é extremamente importante para que você consiga rankear seu blog, pois ele representa o comportamento das buscas hoje. Há diversas maneiras de atingir o seu público alvo através desse fator, desde palavras-chave muito específicas a um determinado nicho até palavras-chave mais gerais, que atingem mais usuários. O importante é focar em ambas as opções, de modo que você consiga atingir tanto o público específico quanto o público geral.

Conseguindo as palavras-chave

Esse processo é até bastante simples. Uma das maneiras é abrir o próprio Google, ou o buscador mais interessante para você e digitar a palavra-chave que você tem em mente para ver o que o buscador vai te sugerir, pois as sugestões dele são baseadas nas pesquisas mais frequentes realizadas pelos usuários.

uma imagem sobre keyword researchDepois de conseguir as suas palavras-chave, o próximo passo é utiliza-las para tornar o seu artigo relevante. Para fazer isso, você deve inserir a palavra-chave primária na URL da página, no título, mais umas duas ou três vezes ao longo do texto (dependendo do tamanho do artigo, pois se você colocar demais os robots podem desconfiar) e até na descrição da imagem.  As palavras-chave secundárias devem aparecer no subtítulo e ao longo do texto, de maneira aleatória quanto à ordem. Outro fator relevante é a quantidade de palavras dos artigos: o indicado pelas boas práticas varia de 300 a 2000 palavras e 600 a 2000 palavras para as páginas relevantes, inserindo uma imagem para os artigos menores e duas ou mais imagens para os artigos maiores.

Resumidamente, esse é o caminho para que você consiga deixar o seu blog otimizado para os robots dos mecanismos de busca, mas também para os usuários, melhorando a experiência deles. Seguindo esse caminho, com certeza você verá os resultados aparecerem na sua página!

Como fazer um texto de blog otimizado?
5 (100%) 1 vote