+55 21 2239-6528 [email protected]

Antes de explicarmos como você pode aplicar isso no SEO da sua empresa, vamos falar um pouco sobre o que é o marketing de conteúdo e o inbound marketing. Essas duas expressões podem ser vistas como sinônimas e significam uma abordagem de marketing estratégica com foco em criar e distribuir conteúdo relevante, valioso e consistente para atrair e engajar um público alvo bem estabelecido, fazendo com que ele tenha uma percepção positiva sobre a sua marca, gerando mais lucro para o seu negócio.

Como explicamos em outro post aqui do blog, SEO é um conjunto de estratégias utilizadas para otimizar o seu site de modo que ele seja amigável para os motores de busca, gerando tráfego orgânico para a sua página. O SEO faz com que as pessoas cheguem até o seu site por meio dos motores de busca, como o Google, e o marketing de conteúdo, além de também atrair tráfego, atua para que essas pessoas se mantenham nessa página e consumam o que você está oferecendo, ou seja, um complementa o outro, então eles precisam ser trabalhados em conjunto para além dos buscadores.

Contudo, além dos motores de busca, há outras maneiras de fazer com que as pessoas cheguem até você. Desde e-mails até as mídias sociais, é fundamental que você também desenvolva conteúdos para abarcar todos esses meios, plataformas e canais comunicativos que também podem trazer tráfego para a sua página.

Mudança na mentalidade dos motores de busca

Quando falamos dos motores de busca, estamos nos referindo ao Google. Ele não é o único motor de busca disponível, mas sem dúvida é o mais relevante, então o usaremos como parâmetro para desenvolver esse artigo. O marketing de conteúdo passou a ganhar extrema importância para os motores de busca quanto a fator de ranqueamento a partir de 2011, com uma mudança na forma em que o Google passou a avaliar as páginas indexadas pelos seus robôs.uma imagem sobre google

Até 2011, o SEO para o Google era feito por meio de táticas e estratégias que não levavam em consideração o conteúdo das páginas ranqueadas, mas outros fatores que eram mais facilmente burlados para que as páginas conseguissem chegar ao topo. Porém, com o Google Panda, lançado em fevereiro de 2011, isso mudou e o conteúdo passou a ter uma importância vital para que as páginas consigam ranquear dentro do Google.

Inclusive, o próprio Google disponibilizou diretrizes sobre o que os seus revisores esperam encontrar em um site para que ele seja bem avaliado por eles e assim seja cada vez melhor ranqueado dentro desse motor de busca.

Com isso, as estratégias de SEO tiveram de mudar drasticamente, priorizando a produção de conteúdo de qualidade, pois agora a avaliação é feita a partir do ponto de vista do usuário, que precisa se sentir atraído pelo o que está sendo exposto naquele determinado site para continuar navegando nele.

Use o SEO como parte das estratégias de criação de conteúdo

Já que o Google avalia as páginas que ele indexa a partir de uma perspectiva de experiência do usuário, quanto melhor for a sua página para o seu público, em termos de conteúdo, facilidade, acessibilidade e organização, melhor posicionada ela será. Por isso a otimização do conteúdo que vai ser exposto naquela página é extremamente importante, desde a escolha das palavras-chave até a organização dos títulos e subtítulos e do conteúdo a ser apresentado. Lembre-se que o objetivo é manter o usuário cada vez mais engajado e esse é um trabalho contínuo que envolve tanto estratégias de SEO quanto de marketing de conteúdo.

Existem algumas estratégias de SEO que são extremamente importantes para a otimização do conteúdo: a pesquisa por palavras-chave e a otimização do conteúdo online.

Pesquisa por palavras-chave

Conforme explicamos em outro post aqui do nosso blog, a escolha das palavras-chave é uma parte vital para o trabalho do SEO. Para te ajudar nisso, existem alguns programas que te auxiliam nessa escolha e apresentam sugestões para que você possa utilizar na hora de produzir o conteúdo relacionado a ela.

uma imagem sobre keyword research

Porém, não se esqueça que o objetivo é atrair potenciais clientes para a sua página, então é importante que você ranqueie para palavras-chave que vão fazer com que você converta vendas e aumente o seu lucro. Por isso a escolha delas é tão fundamental e para conseguir escolher as melhores palavras-chave, uma boa dica é pensar em palavras mais específicas e com um menor número de procuras do que termos mais gerais, pois a probabilidade de você atingir quem realmente quer o seu produto dessa forma é maior, pois de nada adianta ter um fluxo enorme de pessoas na sua página se a palavra-chave que as levou até lá não é relacionada ao produto que você quer vender.

Otimização do conteúdo online

Como mencionamos anteriormente, é muito importante que a página esteja otimizada para o usuário, de modo que ele consiga ter a melhor experiência possível. Para que isso aconteça, existem alguns aspectos da página que precisam ser avaliados antes do conteúdo ser postado, que são os seguintes:

A palavra-chave que você quer ranquear

É o principal termo do seu texto, escolhido por meio da pesquisa de palavra-chave. É esse o termo que provavelmente os seus potenciais clientes estão pesquisando e é através desse termo que eles vão chegar ao seu site. O importante nessa hora é não forçar a barra. Não é um comportamento normal de um texto repetir a mesma palavra ou expressão muitas vezes, então o Google vai desconfiar caso você faça isso.

O meta title

É o título que vai aparecer quando o Google mostrar o resultado para o seu usuário. Você pode fazer o meta title um pouco diferente do título do texto em si, deixando-o com um aspecto único, pois isso vai incrementar ainda mais a otimização daquela página, ajudando na hora de ranqueá-la.

A meta description

É um breve resumo que vem abaixo do meta title e diz respeito ao que o usuário vai encontrar quando clicar no link e for redirecionado para a sua página. É fundamental que a meta description não seja muito breve, mas também não se estenda muito, e que além disso, consiga despertar a curiosidade do usuário para continuar lendo a continuação daquilo.

A URL

A URL é o endereço da página, o link que o usuário vai clicar para acessar o conteúdo total do seu site. Para otimizar essa parte, é importante que o link seja curto e objetivo, e que inclua a palavra-chave nele.

Esses quatro fatores precisam de total atenção quanto a otimização do conteúdo online, pois eles são fundamentais para melhorar a experiência do usuário quando ele visitar aquele site. Essa prática, aliada a pesquisa por palavras-chave, é recomendada pelo próprio Google e precisa ser seguida se você quiser ranquear a sua página dentro desse motor de busca.

Use as estratégias de marketing de conteúdo junto com SEO

Apesar de muitas vezes essas estratégias serem vistas como coisas distintas, mostramos aqui que elas se complementam e são igualmente importantes para que tudo funcione para que você consiga atrair clientes para o seu negócio e aumente o seu lucro.uma imagem sobre SEO

O conteúdo é necessário para esse objetivo ser atingido, então além do site em si, é essencial que haja outras maneiras de você gerar conteúdo relevante relacionado ao seu negócio. Os blogs e as mídias sociais, como o Facebook e o Twitter, são ótimas ferramentas que ajudam a impulsionar a sua página em termos de conteúdo, mas não se esqueça que o conteúdo publicado nesses outros canais também precisa ter qualidade e estar otimizado. É um trabalho em conjunto, mas que se feito dentro dessas orientações, gera resultado para você sentir o tráfego e as conversões da sua página aumentando continuamente.

Como aplicar o Marketing de conteúdo e o inbound marketing no seu SEO?
2 (40%) 1 vote