fbpx
+55 21 ‭99331-2259 contato@thundermustard.com

2 anos depois do Google Anunciar que o Https* é um fator de ranqueamento para o SEO, a Moz divulgou um estudo que revela novos dados sobre a adoção do protocolo desde que o anuncio foi feito. Vamos ver como esta a tendência e analisar se ainda existem riscos em fazer uma migração de http para https.

*https é um protocolo de segurança que significa em ingles Hyper Text Transfer Protocol Secure

Quando o Google deixou oficial o critério de que o protocolo de segurança Https seria um critério positivo para o SEO, alguns fizeram as mudanças de forma rápida, enquanto outros não viram uma recompensa potencial tão grande e decidiram esperar. Outros tem evitado a transição para HTTPS porque acreditam que existem grandes riscos associados com a mudança.

Dr. Pete Meyrs, da Moz, colocou dados que sugerem que o Google esta lentamente, mas definitivamente cumprindo sua meta de mostrar mais sites com o protocolo nos resultados. Aqui fiz um resumo do estudo.

As descobertas

Antes do update do algoritimo relacionado ao protocolo HTTPS, os dados da Moz mostravam que apenas 7% das paginas que estavam na primeira página do Google usavam HTTPS. Uma semana depois esse numero subiu para 8%. E dois anos depois, esse numero multiplicou até chegar a 30%, considerando a mesma base de dados.

“As of late June, our tracking data shows that 32.5% (almost one-third) of page-1 Google results now use the “https:” protocol.”

O fato é que o aumento gradual deixa Dr. Meyrs acredita que isso não resultado apenas do algoritmo. Ele pensa que o aumento de sites que estão em https na primeira página é mais um indicador de que a campanha de relações publicas do Google tem dado certo e os sites estão realmente convertendo para o Https.

Dr. Meyrs acredita que no próximo ano nós podemos chegar a 50% dos resultados com o protocolo https. Quando chegar esse momento ele prevê que o Google va deixar mais forte esse critério como fator de ranqueamento.

Os Riscos

Dr. Meyers argumenta que o Google tem diminuído os riscos de uma migração para Https.

Antes de migrar para o HTTPS, ainda é recomendável que você mensure bem o tempol o custo e risco potencial com os ganhos mínimos da conversão. Isto ainda faz com que muitos donos de site não tenham feito a conversão, pois acreditam que não vale a pena ainda.

Mas a recomendação final de Meyers é que, se você ainda não comprou a ideia de deixar seu site com o protocolo de segurança HTTPS, pelo menos tenha em mente quantos sites concorrentes ao seu estão fazendo a troca. Fique alerta para algum outro update no algoritmo relacionado ao protocolo, que ele pode vir nos próximos anos!

Seo Marketing