fbpx
+55 21 ‭99331-2259 contato@thundermustard.com

Cada vez que você visita uma página de internet, uma troca burocrática acontece entre o seu computador e um servidor muito distante. Aqui vou deixar um guia para iniciantes entenderem como funcionam essas trocas e os principais códigos que podem aparecer enquanto você navega pela internet.

O seu browser, chamado também de cliente, começar a troca mandando um pedido para o servidor por códigos, imagens e diversas outras informações. Então, o servidor, sempre alerta e online te retorna uma mensagem informando que recebeu o pedido e aqui esta o que você pode esperar nos próximos segundos.

Essa mensagem de retorno, que inclui um código de resposta do servidor é muito útil para tanto o cliente como o usuário “ser humano” poderem ter suas experiências otimizadas. Mesmo esses códigos parecendo serem erros em um primeiro instante, eles existem para cada função e são nada mais que feedbacks de como o esta o website e também o funcionamento do servidor. Vamos entender melhor o status de cada um…

Códigos de Status

Mesmo que você não saiba exatamente o que significa o código, o primeiro numero dele indica um significado geral que pode te dar uma ideia do que esta acontecendo. Todo profissional de SEO deve dormir e sonhar com esses códigos…rs

2xx – Sucesso

O objetivo é enviar o cliente para uma página que tenha esse código de resposta

3xx – Redirecionamentos

Já escrevi este artigo específico sobre redirecionamentos e praticamente ajudam a redirecionar o cliente para o endereço certo do pedido.

4xx – Erro do Cliente

O pedido deu errado, e neste caso o problema é com o quem fez o pedido, no caso o Cliente. O mais comum é algum erro de uma pessoa que escreveu errado um link e acabou te enviando para lugar nenhum.

5xx – Erro do servidor

O pedido deu errado e neste caso o problema é com o servidor. Normalmente requer uma intervenção de um desenvolvedor.

Códigos típicos existentes

Existem realmente muitos códigos, então vou separar alguns deles aqui que sao os que aparecem mais regularmente. Se você algum dia encontrar um código que não entenda, temos nosso amigo Google par tirar a dúvida, ou deixe aqui nos comentários.

200 – OK

Uma resposta 200 quer dizer que tudo esta ótimo e o servidor esta enviado a informação pedida.

Esse é o código ideal e sempre acontece quando você carrega uma página pela primeira no seu navegador.

Isso pode sim se tornar um erro e o maior exemplo seria de um e-commerce que mostra a resposta 200 para cada página que existe no site e poderia acontecer que produtos antigos acabam indexando nas pesquisas e podem ficar nas posições a frente de produtos que realmente estão disponíveis. O usuário pode assim encontrar um produto que nao existe mais.

301 – Redirecionamento permanente

Esse é bem explicado no meu artigo recente e o servidor esta dizendo que a informação que você esta procurando agora esta em algum outro lugar, deixe que vou te redirecionar.

Se o cliente for um motor de busca ele vai acabar levando o robô para o lugar certo. Essa resposta é ideal para o direcionamento de www para o endereço não-www por exemplo.

O código pode ser um erro para a experiência do usuário quando ele existir e o antigo conteúdo ainda for relevante. Logo o usuário não irá conseguir acessar o conteúdo antigo e poderá ficar frustrado.

302 – Redirecionamento temporário

Funciona como o 301, mas esta sinalizado claramente que é temporário. O problema pode ocorrer quando você faz esse redirecionamento e ele deveria ser permanente, não informando o motor de busca que você gostaria de indexar esta página.

304 – Não modificado

Esse status redireciona para um arquivo que já esta no cache do cliente. O servidor diz: “eu recebi seu pedido, mas a informação que você quer não mudou desde a ultima vez que você solicitou, não vamos perder tempo e pegue o arquivo que você fez o download já da ultima vez”

A dica aqui é sempre manter seus caches limpos para sempre mostrar o conteúdo mais recente. Mas esse é um assunto que merece um post no futuro.

403 – Proibido

O servidor diz para seu cliente “eu entendo seu pedido, mas eu não vou te passar nenhuma informação!”

Esse código aparece quando você não tem o nível de autorização necessária para entra no site.

Esse status é um erro quando você quer que seu usuário acesse certa informação, mas você acaba proibindo. Isso pode acontecer de forma mais comum com um robots.txt programado de forma errada.

404 – Não encontrado (Not found)

O servidor diz que não consegue encontrar a informação e ela provavelmente não existe. Esse é o código mais reconhecido pelos usuários e é extremamente importante para mostrar ao cliente que o que ele procura simplesmente não existe.

410 – Gone

Diz que a informação que você esta procurando existia, mas agora não mais… Os desenvolvedores normalmente utilizam o 410 para mostrar com certeza que esse conteúdo não existe mais e confundir um possível erro com o 404.

503 – Serviço não disponível

Os códigos que começam com 5xx são mais complicados para consertar e os problemas acontecem realmente no servidor. O 503 é o mais comum deles e acontece quando o servidor esta sobrecarregado e não consegue processar o pedido. Isso pode acontecer devido ao excesso de trafego repentino ou a alguma configuração errada.

A prioridade dos códigos que começam com 5xx são sempre elevadas, jaz que você não pode otimizar o que o cliente não pode acessar.

Conclusão

O servidor responde pedidos com códigos e mesmo que você nem sempre os veja, saiba que eles estão lá. Esta é uma forma extremamente importante e padrão de compartilhamento de informações e permissões online. Mesmo que você não seja um programador, é importante entender o que esta acontecendo, mesmo que de maneira geral. A ideia é que todos possam comunicar a mesma língua e consertar os problemas de comunicação existentes entre o servidor e os clientes.

Thunder Mustard – SEO Rio de Janeiro