+55 21 2239-6528 [email protected]

Os motores de busca servem basicamente para duas coisas: rastrear a internet para recolher todas as informações encontradas e, de acordo com isso, indexar essas informações na ordem que esse buscador achar mais relevante de acordo com alguns critérios; e para oferecer as melhores respostas aos usuários que procuram por uma determinada palavra-chave.

Esses motores de busca possuem robôs automatizados que recebem o nome de “aranhas” ou “rastreadores” e é por meio deles que os motores realizam esse rastreamento, que é feito através dos links, que permitem com que esses robôs dos motores de busca encontrem incontáveis documentos interconectados na internet e a partir disso os robôs decifram os códigos das páginas e armazenam essas informações em um banco de dados, que foram construídos e desenvolvidos ao longo do tempo em diversos lugares do mundo, para que os motores de busca conseguissem dar conta de armazenar todos esses dados encontrados na internet.

Para que isso é feito?

Isso tudo é feito para que o usuário obtenha as melhores respostas quando realizar uma pesquisa em um desses buscadores, pois eles nada mais são que máquinas de resposta que vão procurar dentro dessa gigantesca base de dados formada os melhores resultados para o usuário. Esses resultados são fornecidos com base na relevância para o usuário e com base na popularidade daqueles sites.

Geralmente esses dois fatores estão diretamente relacionados, pois os motores de busca supõem que os resultados (sejam sites, páginas ou documentos) mais populares são, consequentemente, os mais relevantes em termos de conteúdo de qualidade e isso, até agora, tem se mostrado extremamente eficaz no que diz respeito a satisfação dos usuários desses motores de busca.

Mas como que os motores de busca conseguem determinar quais os resultados mais populares ou relevantes?

Existem diversos fatores de SEO que fazem com que esses motores de busca consigam ranquear os sites de acordo com a sua relevância e popularidade, mas esses fatores não são estipulados aleatoriamente ou de maneira manual. Para determinar esses fatores, os motores de busca utilizam diversos algoritmos que são capazes de separar os conteúdos relevantes dos não relevantes para depois organiza-los por ordem de qualidade, determinando assim a popularidade daquele site ou página.

O que são fatores de ranqueamento?

São os algoritmos que englobam diversas variáveis que fazem com que esses sites sejam ranqueados numa determinada ordem. Cada motor de busca possui seus próprios algoritmos, ou seja, seus próprios fatores de ranqueamento, o que significa dizer que nem sempre os resultados que aparecem como mais relevantes em um motor de busca vão aparecer em outro motor de busca.

uma imagem sobre GoogleComo exemplo de motor de busca, podemos utilizar o Google, que é o maior e mais conhecido motor de busca que utilizamos atualmente. No Google, alguns dos principais fatores de ranqueamento estão relacionados com os links que mencionamos no início desse post, como a qualidade dos conteúdos produzidos naquele link, os links que linkam para aquela determinada página, a autoridade do link, entre outros fatores.

Para conseguir atender essas exigências dos algoritmos do Google, por exemplo, existem diversas estratégias de SEO e quanto melhor isso for trabalhado, melhor será a colocação desse site no ranking do Google, pois essas estratégias de SEO influenciam diretamente na relevância e na popularidade do site. Essas estratégias geralmente são determinadas de modo empírico, observando o comportamento desses buscadores e suas modificações ao longo do tempo, mas os próprios motores de busca fornecem algumas dicas para que essas exigências sejam atendidas, como um guia ou diretrizes, para que melhores resultados sejam alcançados e gerem mais tráfego orgânico para a página.

Outros motores de busca além do Google

Apesar o Google ser de fato o motor de busca mais famoso, outros motores como o Bing e o Yahoo também são muito utilizados e oferecem essas diretrizes para que os sites consigam se adequar às suas exigências e consigam melhorar seus posicionamentos dentro desse motor de busca.

Isso tudo é feito para que o motor de busca consiga melhorar cada vez mais a experiência do usuário que decide utiliza-lo para realizar uma determinada busca, pois se esse usuário ficar satisfeito com os resultados apresentados pelo motor de busca e conseguir encontrar o que procura rapidamente, ele vai continuar recorrendo a esse buscador para realizar outras pesquisas.

Um breve resumo

uma imagem sobre motor de buscaÉ dessa maneira e de acordo com esses critérios e exigências que os motores de busca, independentemente de quais sejam elas, funcionam. Como dissemos, cada um tem seus próprios fatores de ranqueamento e seus próprios algoritmos para determinar quais são os resultados mais relevantes, mas todos eles trabalham rastreando a internet para armazenar dados e fornece-los aos seus usuários da maneira mais rápida e adequada possível de acordo com a pesquisa feita por eles, buscando sempre melhorar essa experiência para que eles continuem usando esse motor de busca.

Como os motores de busca funcionam?
5 (100%) 2 votes