fbpx
+55 21 99895-5298 contato@thundermustard.com

Produzir e oferecer um conteúdo que atenda às necessidades dos usuários da melhor maneira possível, certamente, é a principal preocupação de quem trabalha com SEO em uma agência de marketing digital.

Traçar uma estratégia de marketing de conteúdo com base apenas na pesquisa de palavras-chave não é o suficiente para impulsionar a sua página porque as necessidades que você quer atender com o conteúdo podem não estar nessas palavras, então é preciso ir além disso para oferecer algo que agregue valor para o usuário. Assim, você consegue alcançar o seu objetivo de melhorar os resultados provenientes dessa estratégia de marketing.

O objetivo, na verdade, é traçar a sua estratégia de marketing de conteúdo com foco no público. Por isso, a tarefa principal é pensar na jornada do seu potencial cliente para gerar essa conversão e para elaborar essa jornada, você deve responder as seguintes perguntas:

  • Quem é meu público?
  • Quais são as dores e necessidades do meu público?
  • Quais tipos de conteúdo essas pessoas querem consumir?
  • Onde essas pessoas estão?
  • Qual experiência única nossa marca oferece?
  • Como podemos combinar esse diferencial com as necessidades do nosso público?

A chave para que você consiga se conectar com o seu público-alvo é desenvolver um ângulo próprio de aborgadem para produzir um conteúdo exclusivo que possa uma relação entre o diferencial da sua marca e os pontos problemáticos do seu público. Por isso, essas perguntas são extremamente importantes para que a sua marca encontre a própria maneira de elaborar um conteúdo que funcione tanto para o seu negócio quanto para o seu consumidor.

O Content Marketing Institute refere-se a isso como uma “inclinação de conteúdo” porque essa estratégia parte de um tópico maior que é inclinado para falar de determinado assunto de acordo com a sua abordagem, e fazer isso não é tão simples assim, especialmente se você atuar em um nicho no qual os seus concorrentes ofereçam produtos similares ou até mesmo iguais aos seus. Se o seu produto não é único, é preciso pensar em outras maneiras de tornar a sua marca diferenciada e um conteúdo de qualidade ajuda muito nisso.

É preciso abrir mão totalmente das palavras-chave?

É normal as pessoas terem esse tipo de dúvida, sobretudo porque focar a estratégia apenas pensando nisso não gera tanto resultado, mas é possivel criar um conteúdo que atenda as necessidades do seu público, mostre a identidade da marca e ainda utilize a pesquisa de palavras-chave para aumentar o tráfego orgânico da sua página, desde que essas palavras-chave tenham a ver com o conteúdo produzido.

O grande detalhe nesse ponto é ter um olhar crítico para essa questão, e não simplesmente sair enchendo o texto de palavras-chave sem sentido e que, para o leitor, simplesmente não acrescentam em nada e, consequentemente, o tráfego conseguido por meio disso não vai gerar conversão.

Como planejar essa estratégia?

O primeiro passo para o planejamento e construção da sua estratégia de conteúdo é a definição dos seus objetivos. É preciso começar pensando no fim para encontrar os melhores meios que te levem a atingir o resultado esperado.

Nesse momento, tenha em mente de forma extremamente clara o que você quer alcançar com o conteúdo que você vai produzir: aumentar o número de leads? Aumentar o número de vendas? Aumentar o número de inscrições para receber algum informativo? Não importa qual seja o seu propósito, ele precisa estar bem definido para que você possa descobrir que tipo de conteúdo é o mais interessante, além de te ajudar a estabelecer os calls to action do texto.

Depois disso, é hora de identificar quem é o seu público e quais são as dores dele. A segmentação do conteúdo é fundamental para o sucesso da sua estratégia porque você vai direcionar o seu texto de acordo com essas informações.

Portanto, a sua tarefa é descobrir as dores que o seu público está enfrentando e qual conteúdo pode ser criado para ajudar a responder a esses questionamentos dele. Nessa etapa, você pode usar dados que já possui na sua empresa, conversar com as áreas que mais se relacionam com os consumidores ou até mesmo procurar na internet, em fóruns e grupos em redes sociais.

Em seguida, você deve se aprofundar no que a sua marca oferece de realmente exclusivo para o consumidor. Avalie a sua empresa e descubra o que a torna verdadeiramente única, desde os especialistas que trabalham nela e contribuem para o crescimento da marca até o processo de desenvolvimento dos seus produtos. O objetivo nessa etapa é encontrar o diferencial do seu negócio e explorar isso.

Criando o conteúdo

Depois de definir os pontos acima, você vai começar a produzir o conteúdo. Aqui, você pode desenvolver uma lista com uma seleção de tópicos de conteúdo em potencial com base no que você pesquisou e que você sabe que o seu público-alvo tem interesse real. Assim, você vai conseguir discutir ideias sobre conteúdos extremamente interessantes e ricos para usuário, gerando resultados para a sua empresa.

Ao encerrar esse processo, você pode (e deve) fazer uma pesquisa de palavras-chave para os termos relacionados ao conteúdo produzido para ver como são as pesquisas feitas para eles e utilizar o que fizer sentido no contexto do artigo e dos tópicos abordados nele.

Com o conteúdo em mente e a pesquisa de palavras-chave finalizada, é só reunir as informações obtidas e definir como será o conteúdo. Assim, você conseguirá unir o útil ao agradável para alcançar mais tráfego orgânico de qualidade para o seu site, e não apenas mais visitantes que provavelmente não vão ser convertidos.

Nesse ponto, é importante pensar em como mensurar o sucesso da sua estratégia para que você possa acompanhar os resultados dela e ver se ela está performando da maneira esperada para avaliar se é preciso refazer alguma das etapas anteriores. Se for necessário, não tenha medo de montar uma nova estratégia pois uma vez que você acertar isso, os resultados serão contínuos.