+55 21 2239-6528 [email protected]

Com o passar dos anos, os motores de busca foram se aprimorando e ficaram muito melhores em essencialmente otimizar a solução da tarefa do pesquisador, especialmente o Google. Isso quer dizer que os sites tiveram que mudar as suas práticas de SEO (otimização de sites para mecanismos de busca) para continuarem aparecendo como resultados relevantes para os usuários desses motores de busca.

Por isso, separamos algumas passos que podem te ajudar a melhorar o SEO do seu site atualmente, para que você não corra o risco de o seu site se pautar por diretrizes antigas, que não vigoram mais e que podem acabar prejudicando o ranqueamento da sua página nos motores de busca ao invés de melhorar.

Reuna todas as palavras-chave interessantes em uma só página

Quando você terminar o seu planejamento de palavras-chave e ver quais são as mais relevantes para o seu negócio ou produto, faça uma lista com todas elas e utilize-as em uma só página que fale sobre esse assunto para que, ao ranquear nos motores de busca, a sua página seja considerada como relevante e como um bom resultado para ser mostrado ao usuário que procura por esses termos.

Junto a isso, procure compreender o que motiva a pesquisa dos usuários por essas palavras-chave em questão, ou seja, você deve entender o que eles estão procurando ao digitarem esses termos no Google para que você possa avaliar as intenções por trás dessa pesquisa pois isso vai te ajudar a analisar se um termo que você pensou em usar é interessante ou não para os resultados que você quer alcançar.

Crie um layout visual para o conteúdo

Esse ponto é importante não apenas para a leitura do usuário, mas especialmente para a leitura que os motores de busca fazem da sua página no momento de avaliação. O conteúdo da página precisa de um título (para os buscadores, H1) para que você consiga direcionar tanto o Google quanto o usuário e informar o que será trazido naquela página.

Você também pode utilizar subtítulos (para os buscadores, H2) ao longo do conteúdo, e depois ir adicionando as palavras-chave que você achou relevantes para aquele tema. Palavras-chave ainda são bastante importantes, mas ao contrário de alguns anos atrás, é preciso saber exatamente onde coloca-las para que elas melhorem o seu texto e ele não fique com um aspecto forçado, pois isso é prejudicial para a sua página.

Assim, você consegue uma otimização de SEO para os motores de busca e consegue ser melhor avaliado por eles para ser mostrado como um resultado relevante para o usuário.

Links fazem a diferença

Escrever para obter links ainda é algo importante para o SEO, pois o que outras autoridades da área falam sobre você gera muita relevância para o seu site. Os usuários têm interesse em saber como você é visto por outras páginas para criarem uma opinião sobre você, além de isso ser um diferencial para os motores de busca em termos de critérios de avaliação para o ranqueamento da página nos resultados das buscas de palavras-chave.

Quando o assunto é SEO, é necessário ficar de olho nas boas práticas que o Google, por exemplo, publica para orientar o que é bem vista nesse motor de busca e o que é considerado ruim para os motores de busca. Ao longo do tempo, diversas práticas foram extintas ou passaram por algumas mudanças, então acompanhar diretrizes atuais é mais do que necessário para que o seu site possa alcançar resultados cada vez melhores nos rankings do Google e seja considerado relevante para o usuário do motor de busca em questão que está procurando pelo que você tem a oferecer.

Como fazer conteúdo otimizado para SEO em 2018
Avalie agora