+55 21 3079-7050 contato@thundermustard.com
https://bossfucks.com/
BossFucks.com

Fazer uma campanha bem sucedida de rebranding (remarca) pode parecer ser uma tarefa assustadora considerando todos seus riscos. Ainda mais se pensarmos em como essa mudança pode afetar o seu SEO e na possível perca de todo o progresso que você alcançou só pela decisão de querer trocar o nome da sua empresa.

Por isso, vamos deixar aqui certas dicas que podem facilitar demais esse processo e fazer com que uma transação lentar não bote em risco nada que você já tenha conquistado. Seu negócio vai agradecer no final e seu SEO não vai ter uma tremenda e repentina queda pela introdução da nova marca.

Veja abaixo quais passos que você deve considerar na hora de fazer rebranding.

1 – Tente manter o seu domínio principal

Essa é a melhor forma de começar o rebranding, já que fazendo isso ajuda a deixar o processo mais simples e assegura menos riscos em danificar os rankings do seu SEO. Dito isto, nós entendemos que manter o mesmo nome não é sempre possível ou pelo menos prático. Só tenha certeza de entender que se você fizer essa mudança você corre o risco de perder tudo que já alcançou com trafego dos motores de busca.

Se você decidir fazer essa mudança, continue lendo e veja como tentar preservar ao máximo.

2 – Preserve seu conteúdo o máximo possível

Mesmo que você tenha que refazer completamente o site do seu negocio e o nome dele, tente manter o conteúdo original o máximo que você puder. Se você sentir que precisa criar conteúdo novol tente replicar o antigo se possível. Isso ajuda você a perder a autoridade e a prevenir quedas nos rankings. Não precise se preocupar com fontes ou detalhes mais sim no seu conteúdo original.

3 – Se não para sempre, mantenha seu site antigo por um período de tempo

O tempo certo de preservar o site antigo ainda é um assunto de discussão no mundo do SEO e muitos tem opiniões diferentes em relação ao rebranding. Alguns dizem para manter por alguns dias e outros dizem para manter permanentemente. Sua decisão deve ser tomada com base no seu tempo disponível e o que funciona melhor para sua empresa.

O único ponto que todos concordam nesse quesito é que você nunca deve deletar o site assim que o novo estiver no ar. Se você deletar seu site antigo depois de 24 horas que o novo estiver no ar você pode. O tempo pode variar, mas manter o site por algumas semanas a mais não vai atrapalhar ninguém.

4 – Use redirecionamentos da maneira certa

Você precisa fazer um redirecionamento de cada página do seu antigo site para a pagina correspondente do novo site para poder otimizar a experiência do usuário. Isso pode ser muito fácil ou então um pouco complicado dependendo da sua estrutura de URL que você possuía.

Se seu site possui diferentes estruturas de paginas e diferentes estruturas de URL em comparação com o antigo site isso não é o fim do mundo, mas faz as coisas ficarem um pouco mais complicadas. Voce não pode redirecionar antigas paginas para a mesma pagina do seu novo site, você precisa redirecionar elas para a pagina mais relevante do seu novo site. Por isso é legal replicar o conteúdo antigo como citado antes.

A sugestão da Hubspot é a seguinte:

Redirect 301 /old-sample-page.html http://www.newdomain.com/new-sample-page.html

Redirect 301 /old-sample-page-2.html http://www.newdomain.com/new-sample-page-2.html

Uma ideia bem interessante é fazer uma planilha com todas as antigas URLs e com as novas também em outro coluna. Isso pode consumir um tempo, então priorize as paginas que geram mais trafego para seu negocio.

5 – Tente manter a mesma estrutura da URL

Se você fizer isso seus redirecionamentos podem se tornar extremamente simples. Tudo que você precisa fazer é redirecionar seu antigo site para o novo. E com um pouco de código, como este recomendado, o redirecionamento das paginas vai acabar vindo automaticamente.

RewriteEngine On
RewriteCond %{HTTP_HOST} ^olddomain.com$ [OR]
RewriteCond %{HTTP_HOST} ^www.olddomain.com$
RewriteRule (.*)$ http://www.newdomain.com/$1 [R=301,L]

6 – Redes sociais

Dependendo das redes sociais que você utilizar, a mudança para o site novo pode até se tornar complexa. Por exemplo:

  • Facebook só permite trocar a sua URL uma vez.
  • Existem muitas Ids que não existem no twitter por isso veja se elas existem antes da modificação.
  • Linkedin é um site fácil de se lidar quando o assunto é rebranding, a menos se já tiverem pego o nome da sua marca.

Por fim, recomendamos fazer press release, guest posts e outras formas de anúncios que mostrem sua marca nova. Promover sua marca nova ajuda demais nesse processo de transição.

7 – Não esquece do seu site mobile

Marketing por dispositivos moveis esta ficando cada vez mais popular. Por isso não negligencie ele quando fazer seu rebranding. Tenha certeza que todas suas novas paginas são mobile friendly, com fácil acesso e fácil de visualizar.

Para saber mais como deixar seu site bem feito para celular e outros dispositivos móveis, leita este nosso artigo.

Se você possuir alguma experiência com rebranding ou gostou do artigo, deixe seu comentário aqui e nos vemos no próximo post.

 

THUNDER MUSTARD CONSULTORIA SEO

Avalie!